Moradores de casas com defeitos de construção podem ser indenizados com seguros

reuniao

reuniaoA UCES e a FEPAMOC (Federação Paraibana das Associações do Movimento Comunitário) procurando atender ao grande número de pessoas que moram em núcleos habitacionais que foram construídos através do Sistema Financeiro de Habitação (CEHAP, CEF, etc) e que reclamam por suas moradias estarem apresentando defeitos de construção, estão trazendo para a Paraíba os serviços da ADVOCACIA ASSOCIADA, um grupo de advogados especializados que trabalham para que estas pessoas tenham seus direitos garantidos.

Os mutuários das casas construídas com recursos do Sistema Financeiro de Habitação ao pagarem suas prestações mensais, estão disponibilizando 20% do valor da mensalidade para o Seguro Habitacional, que é mandado para uma seguradora que terá como obrigação dar garantias ao morador para: reformar a casa se esta apresentar defeito de construção e quitar o financiamento em caso de morte ou invalidez permanente desses mutuários.

Mas, para que estas pessoas possam garantir o direito de ter sua casa reformada tem que abrir um processo e é aí que entra o trabalho da ADVOCACIA ASSOCIADA, que vai acionar a seguradora na justiça sem nenhuma despesa para o mutuário.

O presidente da UCES, João Batista, o presidente da FEPAMOC, Fernando Jordão e outras lideranças comunitárias da Paraíba viajaram a Santa Catarina para acompanhar o trabalho desenvolvido por estes advogados naquele Estado. Eles constataram que é um trabalho sério e profissional, realizado com muito sucesso, inclusive participaram do pagamento de indenizações a dezenas de famílias que ganharam o processo e a seguradora teve que dar o dinheiro em suas mãos para estas fazerem as reformas de suas casas.

“Estamos plenamente satisfeitos com o trabalho realizado pela ADVOCACIA ASSOCIADA em Santa Catarina, os resultados são excelentes e vamos recomendar os seus serviços para os mutuários da Paraíba”, disseram João Batista e Fernando Jordão.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *